Quanto tempo a mulher demora para atingir o orgasmo

Em conceito, o orgasmo é a resposta que o nosso corpo dá após um conjunto de estímulos que ocorrem durante a relação sexual ou mesmo na masturbação a solo.

A excitação do homem é algo linear, ou seja, ela cresce e atinge o auge de maneira muito rápida. Mas nas mulheres, o orgasmo é tido como difuso, exigindo muita concentração e tempo – isso se dá pelo nosso órgão sexual ser mais complexo que o masculino.

Da mesma forma, os sinais que indicam que o corpo está atingindo seu “clímax” variam entre homens e mulheres e várias dúvidas podem acabar surgindo. A principal é, afinal das contas, quanto tempo a mulher demora para atingir o orgasmo.

É o que vamos tentar responder hoje.

Tempo padrão para uma mulher chegar ao orgasmo

Essa ideia de que a mulher é mais complicada para chegar ao orgasmo pode até ser certa, pois na realidade cada pessoa acaba reagindo de uma forma diferente em função daquilo que a excita e lhe dá prazer.

Obviamente, já podemos antecipar que não existe uma resposta 100% correta.

Muitos estudos foram realizados para se chegar a um tempo padrão que uma mulher leva para atingir o orgasmo. No geral, a média permanece em 8 minutos – outros estudos afirmam que são 15 minutos.

O que diferencia essa distinção dos minutos?

Os gostos e preferências e a excitação diante de variados estímulos. Já o tempo do orgasmo varia entre 6 e 10 segundos, entretanto algumas mulheres podem ter orgasmos que duram até 20 segundos! Isso também é bem relativo, afinal o tipo de orgasmo variará conforme a pessoa e o momento.

Curiosamente, diversas mulheres podem chegar ao orgasmo rapidamente quando se masturbam, mas não conseguem alcançar o orgasmo durante uma relação sexual, mesmo sendo estimulada de forma correta.

Isso pode acontecer quando a mulher não conhece bem o seu próprio corpo, isto é, quais são as zonas e quais os movimentos que mais facilitarão para conduzir ao orgasmo.

A masturbação ainda continua sendo a melhor alternativa para auxiliar a mulher a descobrir esses fatores e depois “testá-los” em uma relação sexual.

O tempo médio para chegar ao orgasmo – seja ele de 8 ou 15 minutos – é o período que o corpo da mulher demora para se excitar e garantir que ele está pronto para alcançar o orgasmo.

Afinal, existe um outro tema que pode ser levantado em relação ao tempo para chegar na “hora H”.

Orgasmo nas mulheres X Ejaculação precoce em homens

A ejaculação precoce é um problema que pode afetar os homens (18% são homens jovens, mas a grande maioria ainda começa com o problema quando estão com mais de 40 anos, com uma estimativa de 50% deles), pois caracteriza-se com o alcance do orgasmo mais cedo do que o esperado, ou seja, quando ele acontece ainda nas preliminares ou logo após a penetração.

O desempenho na cama acaba sendo sinônimo de insatisfação para ambos.

Como a mulher demora mais tempo que o homem (que não tem problemas com ejaculação precoce, por exemplo) em atingir o ápice, lidar com um parceiro com essa complicação traz problemas de relacionamento.

Um homem sem o distúrbio sexual da ejaculação precoce leva de dois a três minutos para gozar, embora tenham muitos que mudam o ritmo dos movimentos e posições para demorar mais e satisfazer ainda mais a parceira.

Como saber se a mulher está satisfeita?

Muitos parceiros ficam com dúvidas associadas ao seu desempenho na cama e sempre procuram descobrir se a mulher realmente está satisfeita com a relação sexual.

Na hora do orgasmo, as mulheres podem ser distintas: algumas irão gritar, chorar ou rir. Outras mesmo irão ficar em silêncio e ter reações mais discretas.

Mas fisicamente falando, os homens podem perceber pelo corpo que, quando a mulher atinge o clímax, há sinais muito relevantes para saber de sua satisfação na cama. Veja alguns exemplos bem simples:

  • A respiração fica ofegante,
  • A região do peito e pescoço fica com aspecto corado,
  • Os músculos se contraem,
  • Há aumento da frequência cardíaca,
  • As mamas ficam mais sensíveis.

A questão é que o momento do sexo e atingir o orgasmo pode ser explorada, buscar o prazer e fazer com que a mulher aproveite o orgasmo – mesmo que ele demore alguns minutos a mais do que o do homem, para isso os sinais que o corpo dela dará também proporcionarão dicas do que favorecem o orgasmo.

Além disso, explorar tanto o corpo dela como o dele é criar intimidade e melhorar o relacionamento, aliás uma boa relação não envolve somente o sexo, não é mesmo?


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 4,50 out of 5)
Loading...

2 Comments

  1. Gisele Pryor
  2. Gisele Pryor

Leave a Reply