Quero começar esse texto com uma pergunta importante? Você está satisfeito com seu desempenho na cama? Que tal ter uma transa AINDA MAIS LONGA? O segredo está aqui ► Clique enquanto ainda está no ar…

Os remédios para ejaculação precoce tem o objetivo de retardar a vontade de ejacular, seja diminuindo a sensibilidade do pênis ou agindo no sistema nervoso central para reduzir a sensação de ansiedade  – uma das principais causas do problema. A maioria dos remédios podem ser tomados sem necessidade de receita médica, mas é preciso que o usuário conheça bem a fórmula para acertar no tratamento.

Algumas pessoas fazem o uso de remédio caseiro para controlar a ejaculação precoce em mais tempo, procurando sempre um tratamento natural como primeira alternativa, aquele que pode ser facilmente feito em casa com taxa de sucesso alta e livre do surgimento de reações na tua saúde.

Todos os remédios para tratamento de ejaculação precoce contém uma série de efeitos colaterais. Entre os principais está a sensação de adormecimento, formigamento e relaxamento. Confira os principais remédios para ejaculação precoce e saiba definir qual é o melhor para você:

Os 5 remédios mais utilizados no controle da ejaculação precoce

Os remédios indicados no tratamento da ejaculação precoce geralmente são da classe de antidepressivos e ansiolíticos. Isso acontece porque a origem do problema geralmente é psicológica como ansiedade generalizada, depressão, stress e outras questões relacionadas.

Portanto, o remédio para ejaculação funciona, mas precisa acontecer ao mesmo tempo que o usuário trabalha o lado emocional, diminuindo a pressão social e criando maior confiança sobre si mesmo em todas as questões da vida e não somente sobre seu desempenho sexual.

Isso porque relações sexuais são muito afetadas por uma ejaculação precoce em alguns casos. Se você sente que o seu relacionamento sofre desse problema, alguns casos tem solução desde uma terapia sexual até outros métodos para ter mais qualidade de vida em suas relações.

É aí que os remédios caseiros são preferidos por algumas pessoas, onde você controla a sua mente a ainda assim consegue retardar a ejaculação facilmente de forma a diminuir a ansiedade, o que pode causar esse problema que geralmente é resolvido com o que é antidepressivo, principalmente quando isso é ingerido de maneira correta e de forma a ajudar o bem estar.

Não se desespere! Tire suas dúvidas sobre a ejaculação precoce secundária ou primária, o que fazer durante ato sexual para melhorar de uma vez esse problema em obter uma ereção, quais os sintomas mais comuns de quando não são tratados em casos extremos e muito mais. Melhore sua atividade sexual como nunca.


Uma forma natural para manter sua ereção

Muitos homens reclamam sobre as ereções curtas – menos de 3 minutos… Eu jamais quero passar por uma situação dessa. Se você está sofrendo com isso, posso te dizer que há soluções naturais que podem fazer você voltar a ser uma máquina de fazer sexo. Conheça abaixo o Melhor suplemento do mercado, que ajuda a manter a ereção durante o sexo:

Xtrasize

Esse produto está há mais de 7 anos no mercado e é o substituto ideal do Viagra. Você não precisa de receita e nem indicação médica para começar a tomar o Xtrasize. E os resultados virão na velocidade da luz! Você só encontra o Xtrasize pela internet, e para fazer a sua compra, basta clicar aqui (esse é o link da loja OFICIAL do produto).

O tratamento simples e vai ter ajudar nos seguintes aspectos:

  • Ereção Prolongada
  • Fim da Ejaculação Precoce
  • Aumento do Libido (vontade de transar mais)
  • Performance de Ator Pornô
  • O seu Pau vai Explodir!


1 – Os que contém Clomipramina (Antidepressivo)

A cloropramina é um tipo de antidepressivo muito recomendado para o tratamento de ejaculação precoce. O problema desse tipo de medicação é que contém uma série de efeitos colaterais indesejáveis como por exemplo a falta de emoções e sensações, o sexo torna-se algo não tão satisfatório.

Ele pode ajudar no curso natural da ejaculação, porém não é completamente satisfatório pois diminui a libido que lhe é aplicado no pênis, podendo até mesmo gerar reações alérgicas e a diminuição de prazer.

Por isso a ejaculação precoce tratamento deve ser indicada por um médico, de modo a saber os fatores de risco de cada corpo, aprender mais sobre causas e sintomas durante a relação e o que se passa na hora H, o que pode se evitar e ajudar a manter uma ereção por mais tempo do que 30 segundos.

2 – Paroxetina, Fluoxetina e Ansiolíticos

Esse tipo de medicamentos são antidepressivos e ansiolíticos que ajudam no tratamento da ejaculação precoce por diminuir as taxas de ansiedade e consequentemente a vontade de ejacular.

Porém a diferença que esse antidepressivo apresente é que essa classe de ansiolíticos e antidepressivos funciona de forma mais amena, somente controlando a ejaculação precoce. Essa classe de medicamentos também tem efeito sobre a sensação e emoções do usuário e por isso precisa de receita médica e tem venda controlada.

É por isso que é importante entender todos os motivos que podem causar os vários efeitos e problemas da ejaculação precoce, isso pode deixar sua vida sexual muito mais fácil e ajudar com que você demorar pra gozar.

A ejaculação precoce não é uma condição perpétua, ao começar a sentir os sintomas da ejaculação, quanto em menos tempo você procurar uma ajudar, pode acontecer de diminuir em muitos homens, além de que é possível outras técnicas.

3 – Trazodona

A Tradozona é um tipo de antidepressivo mais ameno que controla a ejaculação e também tem outros efeitos que ajuda na melhoria da vida sexual. Além do retardamento e diminuição da sensibilidade no pênis, ela o mantém mais enrijecido e funciona como um potente vasodilatador.

Várias vezes o que falta para acabar com ejaculação precoce é aliviar os desafios do dia a dia e fortalecer a vida íntima com a parceira. Os antidepressivos usados só são usados em última opção quando já não é tratar mais com formas naturais.

A diferença é que ao contrário de alguns ansiolíticos ela dá efeitos de controle da ejaculação sem necessariamente tornar a relação sexual sem emoção. A ejaculação é o problema que consistem em ejacular durante o início da penetração até antes, de modo que o problema pode piorar ou passar logo em homens.

4 – Lidocaína ou Prilocaína

Esse remédio geralmente é vendido em forma de Spray. O medicamento é revolucionário no tratamento do problema de ejaculação, pois age somente no pênis sem precisar expor o organismo a drogas pesadas como os antidepressivos. A prilocaína deve ser aplicada cinco minutos antes da relação sexual e é composta basicamente de anestésicos utópicos.

Entre os únicos efeitos colaterais do uso desta medicação está a sensação de queimação no pênis que pode variar de homem para homem e algumas mulheres também reclamam da ardência. Não há problemas na glande ou quando a ejaculação ocorre de uma vez por todas.

Como funcionam os remédios para ejaculação precoce?

Os antidepressivos são os tipos de remédio mais recomendados para o tratamento da ejaculação precoce. O uso desta substâncias para esta finalidade iniciou na década de 1960 e dividia-os em inibidores seletivos da recaptação da seratonina que atua na quantidade de hormônio responsável por causar a ejaculação e ereção.

Já os bloqueadores de receptores centrais de dopamina retardam a ejaculação porque agem os neurotransmissores que estimulam o sistema nervoso central. Eles se encontram principalmente em antidepressivos e antipsicóticos, mas podem ter muitos efeitos colaterais e reações adversas.

O terceiro grupo de medicamentos relacionados é aos tricíclicos que aumentam em muito a quantidade de serotonina bloqueando os neurotransmissores e dando uma sensação de falta de sensibilidade no pênis.

Por isso se quer tratar sua ejaculação precoce, o mais indicado é ir até o médico especialista o quanto antes, ele vai avaliar todos os tratamentos, quais são os efeitos colaterais e sintomas ao tomar seus medicamentos. Não é um clínico geral, mas sim um urologista, somente ele vai entender qual dos remédios antidepressivos é o mais indicado no seu caso.

Principais efeitos colaterais

  • Vômitos
  • Sudorese
  • Diarreia
  • Falta de sensibilidade na pele
  • Rigidez muscular
  • Alucinações
  • Dor de cabeça
  • Falta de emoção
  • Congestão nasal
  • Boca seca
  • Tontura
  • Erupções cutâneas

Antes de tomar um remédio para ejaculação precoce deve-se procurar um médico para ajudar na recomendação adequada. O primeiro passo é deixar a vergonha de lado, afinal, o problema é muito comum – cálculos feitos por entidades universitárias mostram que o problema afeta 30% da população mundial masculina.

Além disso, a ejaculação precoce é um tipo de disfunção erétil que pode estar ligada a outros fatores psicológicos como ansiedade, depressão, stress e até pressão social.

Ao tratar esses problemas causadores da ejaculação precoce você não precisará mais utilizar medicamentos específicos para o problema. Os antidepressivos e ansiolíticos podem ajudar  a controlar esses problemas de ordem psicológica, mas é importante conhecer qual formula melhor convém as características apresentadas.

Como não gozar rápido

É importante que para não gozar rápido e assim conseguir evitar a ejaculação precoce que você saiba como controlar a ejaculação rapidamente, seja na hora que estiver na cama, essa é uma das melhores maneiras de conseguir acabar de uma vez com a sua disfunção erétil e assim retardar a ejaculação e começar a demorar pra gozar rapidamente.

Os homens muitas vezes não tem o controle de ejaculação e acreditam que isso seja super normal na hora do sexo, deixando assim que se torne uma impotência sexual muito mais séria, principalmente quando estiver em uma situação com sua parceira.

Você se sente mal, porém saiba que há vários métodos, remédios e muitas outras coisas que podem ajudar a melhorar o seu desempenho sexual e assim acabar ejaculação precoce, o que a maioria dos homens não faz. Veja aqui no nosso site algumas dicas necessárias para tratar a ejaculação, ter uma vida mais saudável, entender como todos os homens sofrem de modo a evitar a ejaculação e controlar sua disposição sexual.

A grande maioria dos homens não entende que é preciso ir além do remédio de ejaculação precoce, mas sim aprender a controlar a sua ejaculação, manter um grande tempo sem perder o controle sob sua ejaculação, aprender a ficar sem gozar antes do tempo exato, eliminando cada vez mais esse problema e melhorando sua vida sexual.

Como tomar remédios? O tratamento é contínuo? Funciona mesmo?

Os medicamentos utilizados para o tratamento de ejaculação precoce são controlados e exigem regras e continuidade. Antidepressivos e ansiolíticos são uma classe de remédios que precisam ter controle médico e não devem ser utilizados juntamente com bebidas alcoólicas e podem ter reações salientadas se tomados juntamente com uso de tabaco. A ejaculação precoce em questão precisa de cuidados para que ela se controle quando você menos esperar e assim não conseguir aquilo que sempre incomoda: se goza rápido.

Em relação ao spray e tipos de remédios utópicos não a restrições e a maioria deve ser utilizada somente alguns minutos antes da relação sexual. A ejaculação não precisa ser algo ruim ao dia e nem rápido demais como muitos homens azem, controle sua e tenha uma vida sexual melhor.

O melhor remédio é controlar a ansiedade, manter-se calmo, relaxado e ter a confiança sobre si mesmo na cama, assim como em todos os outros setores da vida. Trabalhe isso em si mesmo e os resultados irão muito além do sexo. O remédio só funciona se você também tiver controle sobre si mesmo.